Notícias

Rodas de conversas sobre impactos da implementação das torres eólicas em comunidades rurais em PE e na PB

Rodas de conversas sobre impactos da implementação das torres  eólicas em comunidades rurais em PE e na PB

Fortalecendo o debate iniciado pela Campanha Contra os Impactos dos Parques Eólicos no Regional Nordeste 2, uma iniciativa da Cáritas Brasileira NE2 – CBNE2 com apoio da instituição católica alemã, Misereor, durante o mês de junho foram realizadas rodas de conversa nos estados de Pernambuco e Paraíba para discussão sobre o tema e problemáticas envolvendo a implementação e impactos causados pelos megaprojetos e,m comunidades rurais.

Em Pesqueira (PE) por meio de uma articulação da Cáritas Diocesana de Pesqueira, entidade membro da Cáritas Brasileira NE2, o Instituto Federal, Campus de Pesqueira sediou a roda de conversa “Para Quem Sopram os Ventos?” com participação de agricultores/as sobre impactos socioambientais e econômicos da implementação de torres em suas propriedades. O encontro possibilitou a escuta e troca de experiências de famílias locais que sofrem com problemas causados, tanto pelos barulhos dos aerogeradores quanto pelos impactos socioambientais no meio onde vivem.

No sertão da Paraíba nas comunidades Riacho Verde, município de Teixeira e Monteiro, no município de Cacimbas participaram da roda de conversa que teve um caráter preventivo e educativo sobre a instalação dos parques eólicos que ainda não chegaram nestas comunidades

Campanha Contra os Impactos dos Parques Eólicos no Regional NE2

As rodas de conversa são etapas da Campanha Contra os Impactos de Parques Eólicos no Regional Nordeste 2, que também conta com uma websérie de seis episódios que apresenta os impactados econômicos e socioambientais causados pela implementação das torres dos parques eólicos, assim como, uma Carta Aberta de mobilização social e uma exposição fotográfica itinerante, que no período de um mês perpassou universidades nos 4 estados de atuação da CBNE2 (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte).

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.