Notícias

Celebrando o Dia do(a) Agricultor(a) e da Agricultura Familiar, Rede Cáritas Brasileira NE2 promove Feiras da Agricultura Familiar e Economia Solidária na Paraíba e Rio Grande do Norte

Celebrando o Dia do(a) Agricultor(a) e da Agricultura Familiar, Rede Cáritas Brasileira NE2 promove Feiras da Agricultura Familiar e Economia Solidária na Paraíba e Rio Grande do Norte

A iniciativa aconteceu nas Dioceses de Caicó e Guarabira, contando com a participação e apoio das entidades membro e grupos de empreendedores(as) assessorados(as) pela instituição

“A agricultura familiar é um sistema muito interessante, faz mais de 5 anos que eu não preciso comprar um quilo de feijão, só plantando, colhendo e comercializando da minha terra”, esse trecho da fala do agricultor e agente da Cáritas Diocesana de Guarabira, Lindomar Ramos, retrata um pouco da importância e impacto que a agricultura familiar tem na vida das pessoas, na perspectiva de fomentar o protagonismo social e garantia de segurança alimentar e nutricional. Pensando nisso, e sendo uma incentivadora dessa prática, assim como também da Economia Popular e Solidária, a Cáritas Brasileira NE2 – CBNE2, em parceria com a instituição católica alemã Misereor, promoveu o apoio duas feiras com foco na comercialização dos produtos dos grupos assessorados pela Rede Cáritas nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte.

Os eventos aconteceram simultaneamente, contemplando o Dia do Agricultor (a) e da Agricultura Familiar (25), ambos comemorados no mês de julho. Na Paraíba, a feira aconteceu nos dias 28 e 29 de julho, no município de Cacimba de Dentro e contou em sua programação com um intercâmbio em comunidades locais para troca de experiências entre os grupos, sendo apoiada por membros da Cáritas Diocesana de Guarabira. No Rio Grande do Norte, o evento ocorreu de 27 a 31 de julho, e fez parte da Feira de Artesanato dos Municípios do Seridó (FAMUSE), no Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana, na Diocese de Caicó, contando com a participação de 12 grupos de Economia Solidária, todos compostos por mulheres e assessorados pela Cáritas Diocesana de Caicó.

Durante a abertura da FAMUSE, a secretária executiva da CBNE2, Neilda Pereira, fez uma fala e ressaltou a importância do espaço para os agricultores (as) e artesãos (ãs) presentes “ é importante o fomento dessas práticas para o fortalecimento desses grupos, muitos agricultores e agriculturas, artesãos e artesãs, não tem essa oportunidade de comercialização em suas comunidades, então essa visibilidade e experiência é um diferencial para o desenvolvimento desses empreendimentos”, declara.

Nas feiras, os(as) empreendedores(as) puderam apresentar e comercializar seus produtos dos mais variados segmentos, como artesanatos, doces, biscuit, sabão ecológico, crochê, vestuário em filé, licor, vinho, biscoitos, doce de leite, suco, geleia de jabuticaba, plantas ornamentais, artesanatos de empreendedores migrantes da Etnia Warao, dentre outros.

Posteriormente, a CBNE2 apoiará, no dia 25 de agosto, a feira da agricultura familiar e Economia Popular e Solidária na Praça da Independência, na Diocese de Palmeira dos Índios, em Alagoas, e contará com a participação de todas as entidades do Fórum Cáritas no estado. Em Pernambuco, a feira também ocorrerá com data ainda a confirmar.

Imagens da Feira de Artesanato dos Municípios do Seridó   – FAMUSE, em Caicó, Rio Grande do norte

 

   

Imagens de Cacimba de Dentro – Paraíba

   

   


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.