Notícias

Bioágua auxilia na melhoria de plantações de famílias agricultoras no Rio Grande do Norte

Bioágua auxilia na melhoria de plantações de famílias agricultoras no Rio Grande do Norte

A mobilização foi feita por Agentes de Desenvolvimento Local da Cáritas Brasileira NE2 – CBNE2 que construíram o bioágua, tecnologia possível graças a uma parceria da CBNE2 e da instituição católica alemã Misereor

Nos meses de julho e agosto deste ano, agentes de desenvolvimento local –ADLs da Cáritas Brasileira NE2 iniciaram a construção do sistema de reuso de águas cinzas (Bioáguas) na residência de Dona Arleide de Sousa Pereira e sua família, na Comunidade Bolandeira, município de Equador, no Rio Grande do Norte, região do Seridó. A mobilização faz parte de uma parceria da Cáritas Brasileira NE2 e a instituição católica alemã Misereor, através do Projeto Promoção e Defesa de Direitos na Perspectiva da Construção de Sociedades do Bem Viver.

O sistema consiste em uma caixa de gordura que coleta as águas cinza da residência, decanta as partículas sólidas e libera a água para o tanque de filtragem e em seguida para o tanque de armazenamento. Do tanque de armazenamento a água é bombeada para uma caixa d´água de PVC para ser disponibilizada para um sistema de microirrigação de plantas frutíferas e forrageiras.

A comunidade de Bolandeira é composta por um grupo de famílias voltado para a produção agrícola, tendo algumas profissões secundarias como professor e agente de saúde. A família contemplada relata que o Bioágua será bom para diminuir o esgoto que tinha a céu aberto provocando odores, e melhorará o plantio de fruteiras no seu quintal.

 

    


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.