Notícias

Cáritas Regional Nordeste 2 e Cáritas Diocesana de Palmeira dos índios articulam visita a comunidades de Alagoas

Cáritas Regional Nordeste 2 e Cáritas Diocesana de Palmeira dos índios articulam visita a comunidades de Alagoas

No último dia 13 , na sede da Cáritas Diocesana de Palmeira dos Índios aconteceu a reunião com técnicos da Cáritas Diocesana de Palmeira dos Índios (CDPI), Manoel Euclides, João Andrade e o pedreiro José Neto, para apresentação do técnico da Cáritas NE2 , Israel Santiago, que acompanhará a implementação das Unidades Demonstrativas Territoriais (UDT) do projeto Promoção e Defesa de Direitos na perspectiva da construção de sociedades do Bem-Viver, em parceria com a instituição alemã Misereor. As visitas aconteceram respeitando todos os protocolos de higiene, e distanciamento social indicados pela Organização Mundial de Saúde e o Plano de Contingência da Cáritas Brasileira.

Nesta reunião, discutiu-se sobre as experiências dos técnicos da CDPI com a construção de biodigestores, possibilitando maior conhecimento de Israel acerca das adaptações e melhoramentos da tecnologia implementada por outras organizações. Após esta reunião, aconteceu a visita a Serra das Pias para uma reunião com parceiros, lideranças e beneficiários (as), bem como, para visitar as quatro famílias que serão atendidas com as UDTs. Ainda no dia 13, foi realizada uma visita a uma família que possui um biodigestor com a capacidade de 2 mil litros, construído pela Cáritas Diocesana de Palmeira dos índios e que sofreu modificações que melhoraram o desempenho, a manutenção e o custo da tecnologia.

Já no dia 14,  ocorreu a reunião com os parceiros e lideranças das comunidades Sítio Boa Vista, Sítio Açude e Sítio Belém, além da Associação dos Apicultores e agricultores de Maravilha e o Centro de Desenvolvimento Comunitário de Maravilha parceiros desde longa data. Nesta reunião, foi explicado o objetivo da nossa visita, que foi apresentar o técnico responsável e traçar estratégias de retomada das atividades, bem como, ouvir dos mesmos os seus sentimentos, devido  a interrupção das atividades ocasionadas pela pandemia da Covid 19.

As visitas foram muito bem recebidas por todos e todas, numa demonstração de comprometimento com os planos traçados antes da pandemia. Novos diálogos e nova agenda foram feitos de forma a dar andamento às implementações o mais breve possível.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *